SOM IMAGINÁRIO – FEIRA MODERNA (ENSAIO 1970)

Foto: Reprodução

Tua cor é o que eles olham
Velha chaga
Teu sorriso é o que eles temem
Medo, medoFeira moderna, um convite sensual
Ó telefonista, se a distância já morreu
Meu coração é velho
Meu coração é morto
E eu nem li o jornalNessa caverna o convite é igual
Ó telefonista, a palavra já morreu
Independência ou morte
Descansa em berço forte
A paz na terra, amém

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s