Um cartunista brasileiro em Nova York

Século Pop

Por MARCELO OROZCO

Um cartunista com o dom da escrita. O mineiro Henrique de Souza Filho, o Henfil (1944-1988), é, com justiça, mais notório por seus desenhos engraçados, combativos e influentes em jornais, revistas e gibis entre os anos 1960 e 1980. Mas ele foi autor de bons livros predominantemente de texto com relatos pessoais (e, ao mesmo tempo, jornalísticos). O principal é Diário de um Cucaracha, que reconstitui sua temporada de auto-exílio nos Estados Unidos durante os anos de ditadura no Brasil.

No Brasil de hoje, com uma palpável subserviência oficial aos EUA, Diário de um Cucaracha ganha uma atualidade renovada. Porque Henfil, que se mudou do Rio para Nova York em 1973 tanto para fugir da repressão da ditadura em vigor como para tentar a sorte como autor de quadrinhos no mercado americano, faz um retrato bem desencantador e realista do status de um brasileiro (ou um…

Ver o post original 1.474 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s